Newsletter
Receba novidades, direto no seu email.
Assinar
Mercado
Mercado 12 de setembro de 2022

Supermercados estão entre os varejistas que mais utilizam apps como canal de venda

Relatório da TOTVS, empresa de tecnologia, mostra que meios próprios e de delivery são os mais adotados pela categoria

O Índice de Produtividade Tecnológica (IPT) de Varejo da TOTVS, empresa de tecnologia, em parceria com a H2R Pesquisas Avançadas, apontou que os supermercados, hipermercados e atacarejos estão entre os varejistas que mais utilizam aplicativos como canal de venda. A pesquisa revelou que, em sua maior parte, as categorias utilizam apps próprios (29%) e de terceiros, como delivery (23%).

?Em decorrência da pandemia e restrições de circulação, os hábitos de consumo dos brasileiros mudaram e o uso de apps como canal de compras foi privilegiado, e isso também chegou ao setor supermercadista. E mesmo com a reabertura, observamos que muitos consumidores de fato se habituaram ao uso de aplicativos para realizar suas compras, muito pela praticidade de fazer os pedidos pelo celular e receber seus produtos em casa?, explica Sérgio Missão, diretor de Varejo Supermercados da TOTVS.

Quando analisadas as tecnologias para gestão de vendas, comparado ao setor de Varejo como um todo, os super/hipermercados se destacam em relação ao uso TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) e carteiras digitais, ambos com 40%. ?Meios de pagamento e recebimento são importantes para todo o varejo, sem dúvidas. E no caso das redes de super/hipermercados é extremamente necessário que a frente de caixa esteja com os melhores sistemas para facilitar e melhorar a experiência do consumidor e, paralelamente, aprimorar a própria gestão do fluxo de caixa?, destaca Missão.

O estudo ressalta também o investimento do setor supermercadista em ferramentas para gestão de clientes: 31% dos entrevistados afirmaram adotar CRM (Customer Relationship Management), solução para gerenciar e digitalizar o relacionamento com os clientes. Paralelamente, o mesmo percentual de empresas (31%) apontou fazer uso de Programas de Fidelidade, indicando que as duas estratégias estão alinhadas e se complementam, principalmente para as estratégias de promoção, ações comuns realizadas pelo setor.

Um ponto de destaque é que, mesmo com a boa adoção de canais de venda digital, as lojas físicas ainda têm um papel importante na composição do faturamento do setor supermercadista, 72%, seguido dos representantes/vendas por telefone (16%) e dos canais digitais (12%), alinhado ao perfil geral do varejo.

Deixe seu comentário