Notícia 17:21 - 15 de maio de 2020

Segundo pesquisa realizada pela ABRABE – Associação Brasileira de Bebidas –, o setor de bebidas tem sido fortemente afetado pelo isolamento social. A entidade apontou que houve uma queda média de 71% no faturamento das empresas associadas, na primeira quinzena de abril.

Mesmo assim, ao notar a escassez de álcool 70% no mercado, diversos fabricantes de bebidas readaptaram a sua linha de prevenção para levar o produto aos hospitais, asilos e comunidades carentes, como medida de prevenção ao coronavírus. Até o momento, já foram doados mais de 200 mil litros de álcool pelas empresas associadas.

O setor também criou campanhas para que os estabelecimentos, como bares e restaurantes, se reergam após a crise, a partir de ações como o aprimoramento para bartenders. “Iniciativas como essas refletem um setor unido e mobilizado, que soube agir rapidamente contra a crise e contribuir para que o Brasil supere a COVID-19, com o menor impacto econômico e social possível”, defende Cristiane Foja, presidente executiva da ABRABE.

Imagem de capa: Pixabay

 


Veja também