Notícia 16:13 - 02 de junho de 2021

Seguindo a onda das parcerias para atender as novas demandas do shopper, o Mercado Livre e o Grupo Pão de Açúcar anunciaram uma parceria inédita para atender a todos os consumidores do Brasil. Ou seja, a partir de agora, os consumidores de todos o País poderão fazer suas compras no Pão de Açúcar, diretamente pela plataforma digital, incluindo as localidades onde não há lojas físicas da rede, e recebê-las por meio do Mercado Livre.

Para a plataforma argentina, além de expandir seu porfólio de produtos, a companhia seguirá também com a estratégia de fomentar parcerias com as grandes marcas que, além de ampliar cada vez mais o seu sortimento. “Celebramos aqui a união do líder de e-commerce alimentar do Brasil com o maior e-commerce da América Latina, uma história que vai unir a capilaridade e a experiência do Mercado Livre à variedade e qualidade de produtos do Pão de Açúcar”, comemora Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil.

Já para o GPA trata-se de um novo passo que deve fortalecer ainda mais sua robusta trilha de crescimento do e-commerce. "A estratégia de expansão das modalidades de entrega estão cada vez mais rápidas e adaptadas ao novo perfil de consumo dos nossos clientes. Com o suporte logístico do Mercado Livre, o GPA aumenta a sua capilaridade digital para novas geografias no Brasil, fortalecendo o posicionamento e o diferencial da companhia de ser multicanal”, complementa Rodrigo Pimentel, diretor de e-commerce do GPA.

Na plataforma, os itens do Pão de Açúcar estarão disponíveis para entrega na modalidade fulfillment, em que o Mercado Livre é responsável por todo o processo logístico da compra, atendendo a mais de 1,8 mil cidades brasileiras. Ou seja, cerca de 90% das compras realizadas deste modelo, pela companhia, chegam ao destinatário em até dois dias, e 75% em apenas 24 horas.

Mercado Livre também investe em frotas sustentáveis

Além dessa novidade, o Mercado Livre também anunciou a expansão de sua frota sustentável, com a chegada de 46 carretas movidas a gás biometano e GNV (Gás Natural Veicular), até o final de 2021. Os oito primeiros veículos já estarão em circulação até o final de junho, com ampliação gradual da frota ao longo do ano. 

As novas carretas à biometano emitem menos gases poluentes na comparação com as movidas à diesel. A nova frota deve se somar aos 51 carros elétricos que já estão em operação no País, desde dezembro do ano passado, acelerando a caminhada do Mercado Livre rumo a uma logística mais verde na América Latina.

Os novos veículos deverão atender inicialmente o Sul e Sudeste do Brasil, mas a intenção do Mercado Livre é atender futuramente todas as regiões do País. Para isso, a empresa tem acompanhado a oferta deste tipo de combustível nos postos das principais rodovias.

Com as oito carretas em circulação serão transportados, em média, quarenta mil pacotes por dia. Já com as 46 carretas em operação, serão mais de 230 mil encomendas transportadas diariamente, o que certamente contribuirá para o reforço em continuar realizando a entrega mais rápida do Brasil.


Veja também