Newsletter
Receba novidades, direto no seu email.
Assinar
Indústria
Indústria 25 de outubro de 2023

Harald inaugura fábrica e prevê crescimento de mais de 10% no faturamento

Companhia investe R$ 200 milhões na região de Santana de Parnaíba (SP)

A Harald acaba de inaugurar mais uma fábrica no município de Santana de Parnaíba, em São Paulo. A nova planta chega para fortalecer a presença da companhia na região - que já conta com outra unidade - gerando emprego e renda, além de potencializar os negócios da empresa, que representa o terceiro maior negócio de chocolates do grupo Fuji Oil.

LEIA TAMBÉM
Harald estreia nos supermercados
Produção de chocolates aponta crescimento de 9,8% no 1º trimestre de 2023

A capacidade de produção também tem previsão de aumento, atualmente a Harald produz 90 toneladas/ano, a expectativa é que esse número cresça de forma expressiva. "Se compararmos com o período pré-pandemia, tivemos um crescimento de 100%, alcançando 1,5 bilhão. Assim, se fez necessária a ampliação para suportarmos essa demanda e continuarmos atendendo o nosso consumidor com qualidade, agilidade e variedade de portfólio. Ainda não podemos abrir números absolutos, mas podemos garantir que teremos um crescimento substancial em nossa produção", explica Sérgio Tango, presidente da Harald.

A planta contou com um investimento de mais de R$ 200 milhões e possibilitará à companhia aumentar a produção nesses produtos que vem ganhando relevância entre o público mais exigente e virando uma tendência de mercado.

Ampliação também entre os consumidores da Harald

Já bastante consolidada no mercado de confeitaria e com fãs por todo o país, a marca está dando mais um passo em direção à sua expansão. Neste ano, a Harald iniciou a comercialização de seus produtos em lojas voltadas ao consumidor final. Redes como Carrefour, Pão de Açúcar, Assai, Dia, Sams, Angeloni, em Santa Catarina - SC, e Savegnago, no interior de São Paulo, já oferecem Harald aos seus clientes.

?Temos uma trajetória incrível no setor de confeitaria e transformação, falando diretamente com um público profissional que usa chocolates e coberturas para criar sobremesas, bolos e doces. Agora, queremos ir além e chegar no cliente do nosso consumidor. Acreditamos que até 2025, a entrada nesse mercado deverá representar entre 5% e 7% do nosso faturamento. Deste modo, a nova fábrica também nos dará suporte também para esse novo momento da companhia?, finaliza Tango.

Deixe seu comentário