Walmart vai disponibilizar dados aos fornecedores

Walmart vai disponibilizar dados aos fornecedores

A rede de supermercados Walmart declarou que irá compartilhar mais informações com seus fornecedores para realizar mais rapidamente o reabastecimento de produtos que se encontram fora de estoque. A ação ocorre como medida para disputar mercado com concorrentes como a Amazon.

A empresa informou que seus dados de disponibilidade de produtos nas gôndolas, que só podem ser acessados internamente, serão compartilhados no Supplier Growth Forum, evento que acontecerá na sede do Walmart, em Bentonville, Arkansas, nos Estados Unidos.

Segundo informações do portal britânico Reuters, a companhia também irá apertar os prazos para entregas. Em 2017, a empresa informou aos fornecedores que os pedidos fossem entregues no prazo em 95% das vezes e, caso isso não ocorresse, pagariam uma multa. A rede esperava acrescentar US$ 1 bilhão à receita, melhorando a disponibilidade de seus produtos nas lojas.

Essa medida para que os fornecedores atendam aos prazos estabelecidos para entregas tem sido implementada em fases. No momento, por exemplo, os grandes fornecedores precisam entregar todos os pedidos dentro de uma janela específica em 85% das vezes ou terão que pagar uma multa de 3% dos custos dos produtos. Antes, os fornecedores precisavam atingir 75% das entregas no prazo para evitar multas.


menu
menu