Vendas no varejo paulista crescem 2,5% - SuperVarejo
Vendas no varejo paulista crescem 2,5%

Vendas no varejo paulista crescem 2,5%

O volume de vendas do comércio paulista cresceu 2,5% no ano passado, na comparação com 2016. O número é do varejo ampliado, que inclui concessionárias de veículos e lojas de material de construção. Já o varejo restrito, que não envolve esses segmentos descritos acima, teve alta de 1,8% no estado, de acordo com a pesquisa ACVarejo* da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Segundo a pesquisa, a maioria das atividades econômicas tiveram crescimento, com destaque nos seguintes segmentos: lojas de departamento, eletrodomésticos e eletrônicos (14%), lojas de móveis e decorações (10,3%), concessionárias de veículos (8,3%), autopeças e acessórios (7,2%), supermercados (3,8%), farmácias e perfumarias (0,7%) e lojas de material de construção (0,7%).

Diferentemente dos anteriores, os segmentos de tecidos e calçados e lojas de vestuários tiveram queda de 1,3% e 5%, respectivamente.

Análise por região

No ano passado, o comércio teve expansão em quase todas as regiões paulistas, com destaque em: Jundiaí (7,1%), Ribeirão Preto, Baixa Mogiana e Franca (6,1%), Sorocaba e Vale do Paranapanema, ambos com 6% e Vale do Paraíba (5,9%).

Os únicos locais que tiveram retração foram Presidente Prudente (0,5%) e Metropolitana Oeste/Osasco (1%). As informações são do portal Diário do Comércio.

“Sem dúvida alguma, os resultados de 2017 marcam o fim da crise do varejo no estado e a retomada deverá ser cada vez mais intensa nos próximos meses, em linha com a continuidade dos crescimentos da renda, do emprego e do crédito”, afirmou o presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), Alencar Burti.

* A pesquisa ACVarejo é elaborada mensalmente pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, com informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. São avaliadas nove atividades econômicas e 20 regiões paulistas.


menu
menu