Vendas no varejo da capital paulista crescem 4,8%

Vendas no varejo da capital paulista crescem 4,8%

O movimento de vendas do varejo da capital paulista cresceu em média 4,8% na primeira quinzena de junho frente ao mesmo período de 2017. Positivo, o resultado reflete os efeitos da paralisação dos caminhoneiros no final de maio, quando os consumidores ficaram cautelosos e adiaram as compras para o início de junho, segundo informações do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

As vendas a prazo aumentaram 17% na mesma base de comparação, refletindo o aumento de procura por TVs, por conta da Copa do Mundo, e a combinação conjuntural de juros menores e prazos maiores, ajudando os bens duráveis em geral.

Como a temperatura nos primeiros 15 dias de junho não caiu, o sistema à vista diminuiu 7,4%, sendo assim, roupas e calçados utilizadas no período de Outono-Inverno ― adquiridos principalmente à vista ― não tiveram elevação.

Na comparação mensal, o balanço de vendas da ACSP também mostrou que nos primeiros 15 dias de junho o movimento do comércio avançou em média 20,4% ante o mesmo período de maio, com a contribuição do dia útil a mais. O Dia dos Namorados, as festas juninas e o início da Copa também beneficiaram o varejo.


menu
menu