Vendas dos supermercados acumulam alta de 1,75% - SuperVarejo
Vendas dos supermercados acumulam alta de 1,75%

Vendas dos supermercados acumulam alta de 1,75%

O setor supermercadista acumulou alta real de 1,75%, de janeiro a abril, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Vendas ABRAS, apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da entidade nacional.

Em abril, as vendas em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE, apresentaram queda de 12,61% na comparação com o mês de março e queda de 5,84% em relação ao mesmo mês de 2017.

Em valores nominais, as vendas dos supermercados registraram queda de 12,42% em relação a março e, quando comparadas a abril do ano anterior, retração de 3,24%. No acumulado do ano, as vendas cresceram 5,08%.

Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, a retração verificada em abril se deve ao efeito calendário.  “No ano passado, o domingo de Páscoa caiu na segunda semana do mês de abril. Neste ano, as vendas se concentraram todas em março”, esclareceu.

Sanzovo Neto destacou ainda que o resultado acumulado mostrou que o setor continua apresentando bons resultados. “Apesar da alta do dólar e dos últimos números divulgados da estimativa do PIB para 2018 que vem caindo de acordo com o Boletim Focus, continuamos com a mesma perspectiva otimista que iniciamos o ano, de crescimento de 3% para 2018”, conclui.

Abrasmercado

Em abril, o preço da cesta de produtos *Abrasmercado, pesquisada pela GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS, registrou alta de 0,39%, passando de R$ 438,83 para R$ 440,52.

Os produtos com maiores altas de preço em março foram: cebola, massa sêmola espaguete, leite longa vida e carne dianteiro. As maiores quedas nos preços foram registradas nos itens: arroz, feijão, frango congelado e batata. Confira:

Maiores quedas (mês anterior)

Arroz -4,43
Feijão -4,18
Frango Congelado -2,51
Batata -1,99

Maiores altas (mês anterior)

Cebola 28,18
Massa Sêmola Espaguete 6,67
Leite Longa Vida 4,72
Carne Dianteiro 2,99

Regiões (Abrasmercado)

No mês de abril, duas regiões brasileiras apresentaram queda nos preços (Sudeste e Nordeste). A maior variação negativa foi registrada na Região Nordeste (-1,54%), que chegou a R$ 388,14, impulsionada por Recife (-4,65%) e Maceió (-2,20%).

*Abrasmercado não é a cesta básica, mas, sim, uma cesta composta por 35 produtos mais consumidos nos supermercados: alimentos, incluindo cerveja e refrigerante, higiene, beleza e limpeza doméstica.


menu
menu