Supermercados têm melhor geração de empregos em agosto

Supermercados têm melhor geração de empregos em agosto

O setor supermercadista manteve o bom desempenho em agosto e atingiu o melhor mês no ano ao apresentar crescimento de 3.918 vagas, depois de mostrar reação em julho, após um primeiro semestre com aumento de postos de trabalho abaixo do esperado, conforme dados divulgados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e analisados pela APAS – Associação Paulista de Supermercados.

“As contratações nos supermercados paulistas representaram cerca de 25% do total no estado de São Paulo no mês de agosto. Isso mostra o quanto o setor é o termômetro da economia e reflete primeiro tudo aquilo que acontece no Brasil”, comentou o economista da APAS, Thiago Berka.

O resultado apresentado em agosto foi o melhor do que o apresentado no mesmo mês dos três últimos anos. Em agosto de 2015 foram criadas 1.552 vagas; em 2016, outras 2.316 contratações; em 2017, tiveram 1.920 oportunidades.

Quando analisados os empregos gerados por municípios, a liderança segue com a capital, com 1.355 ou quase 34% do total no mês no estado. Sorocaba, Diadema, Campinas, Vinhedo, Sertãozinho, Itaí, Santo André, Ribeirão Preto e Penápolis, completam o cenário das dez cidades que mais criaram vagas em agosto.

Entre as subcategorias do varejo alimentar, supermercados e hipermercados criaram 2.725 vagas, também seu melhor resultado no ano e em 3 anos. Já os minimercados e mercearias tiveram um bom resultado para o ano, porém, o pior em nove anos para o mês de agosto. Atacados e atacarejos criaram 350 vagas e hortifrútis outras 186, o melhor desempenho em cinco anos para o mês.


menu
menu