A retomada do consumo

A retomada do consumo

rogerio-gatti-editorAmigo leitor,

Mesmo que lentamente, o primeiro se- mestre de 2017 mostrou uma tendência de recuperação do consumo no varejo brasileiro. As perspectivas para o final de ano são de que essa retomada deve se consolidar.

No varejo alimentar, uma parte dessa retomada se deve ao fato de que a população diminuiu a alimentação fora do lar e aumentou o consumo em casa. Outro ponto que contribuiu para esse cenário foi a quantidade de promoções realizadas nos supermercados.

Para se ter uma ideia, as promoções no varejo em geral, levando em conta todos os canais de abastecimento, como farmácia, supermercado, porta a porta etc., representaram 40% do valor das compras realizadas no primeiro trimestre deste ano.

O importante é que 2017 está sendo um ano de recuperação depois de dois anos com uma grave crise econômica. Muitas famílias tiveram gastos maiores do que suas rendas e estão buscando equilibrar suas contas. Se essa tendência se confirmar, automaticamente o consumo vai aumentar.

Enquanto estamos nessa transição, olho no consumidor, acerto nas promoções e ajuste de mix continuam fundamentais para perseverar atravessando esse período de turbulência.

Bons negócios e uma ótima leitura.


menu
menu