Preço do frango deve cair 12% após embargo da UE

Preço do frango deve cair 12% após embargo da UE

Depois da União Europeia embargar a exportação de frango do Brasil, os supermercados preveem que o preço do produto cairá ainda mais para os consumidores. A projeção é de que a redução seja em torno de 10% a 12% até o mês de junho, de acordo com a Associação Paulista de Supermercados (APAS).

Segundo informações do portal Folha de S.Paulo, o preço do frango já via de uma decrescente. No período de um ano, de março de 2017 até março deste ano, o valor da ave inteira registrou queda de 7,94%, conforme medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgado pelo IPCA.

“O embargo vai saturar o mercado interno. Até junho deste ano o preço do frango pode despencar entre 10% e 12%”, afirmou o economista da APAS, Thiago Berka.

Após a ordem de suspensão dos 20 frigoríficos anunciada nos últimos dias, os produtores paranaenses ficaram diante de uma situação delicada, visto que do total, oito frigoríficos são do Paraná. Após o comunicado, a BRF, que teve a unidade em Toledo – no oeste do estado –  como a mais afetada após a decisão, decidiu dar férias coletivas para dois mil funcionários a partir do dia 2 de junho.

Ainda de acordo com o portal Folha de S.Paulo, o vice-presidente da Associação dos Avicultores do Oeste do Paraná (AaviopaR), Edenilson Copini, informou que a BRF concordou em remunerar o produto ate o mês de julho. Além disso, ele ressaltou que a partir da próxima semana o volume de alojamentos nos aviários começará a ser reduzido.

A Aaviopar representa 400 produtores, todos integrados à BRF de Toledo. “A gente não sabe a consequência disso tudo. O mercado interno já estava saturado de frango  e coincidiu com isso”, afirmou.


menu
menu