Piscicultura cresce 8% no Brasil em 2017 - SuperVarejo
Piscicultura cresce 8% no Brasil em 2017

Piscicultura cresce 8% no Brasil em 2017

A piscicultura nacional produziu 697 mil toneladas de peixes de cultivo no último ano, gerando uma renda primária ao produtor de R$ 5,4 bilhões. Esse resultado é 8% superior ao de 2016, quando o registro foi de 640.510 toneladas. As informações são da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR, São Paulo/SP) e fazem parte do anuário da piscicultura brasileira (edição 2018), que foi publicado recentemente.

De acordo com informações do portal Feed&Food, a Tilápia é a mais importante espécie de peixes cultivados do Brasil. Segundo levantamento inédito da Peixe BR, a espécie representa mais da metade do mercado (51,7%), com 357.639 toneladas em 2017.  Esse resultado coloca o Brasil entre os quatro maiores produtores do mundo, atrás apenas da China, Indonésia e Egito.

A segunda posição não é de uma espécie em si, mas de uma categoria de peixes: os nativos. De acordo com o levantamento da associação, liderados pelo tambaqui, também conhecido como Pacu Vermelho, os nativos representam 43,7% da produção nacional: 302.235 toneladas.

Outras espécies, entre as quais destacam-se carpas e trutas, representam 4,6% da produção brasileira de peixes de cultivo em 2017, com 31.825 toneladas. A pesquisa realizada pela associação em todo o país mostrou, pela primeira vez, os números da tilápia no Brasil, comprovando sua viabilidade em termos produtivos e como negócio, já que a espécie está presente nos maiores e mais recentes empreendimentos, sobretudo na região Sul/Sudeste.

O secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC, Brasília/DF), Dayvson Franklin de Souza, afirmou que dará todo o apoio necessário ao setor para atender os interesses e contribuir com o crescimento da piscicultura nacional. “Precisamos atender às demandas do mercado. E para isso, é preciso definir aonde o setor quer chegar”, comentou Souza.


menu
menu