Piraquê estreia na categoria de torradas

Piraquê estreia na categoria de torradas

A marca carioca de massas e biscoitos Piraquê anuncia a entrada na categoria de torradas. A estreia neste novo segmento ocorre com a chegada do produto nas versões Tradicional, Light, Integral e Multigrãos, que começam a chegar ao mercado a partir deste mês de outubro, a princípio, somente nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

“O lançamento da linha é o primeiro de muitos investimentos que a companhia fará na marca Piraquê e em seu portfólio”, afirma o gerente de marketing da M. Dias Branco, Rodrigo Mainieri.

A Piraquê foi adquirida pela M. Dias Branco no primeiro semestre deste ano, em uma transação de cerca de R$ 1,5 bilhão. Com essa união, a M. Dias Branco passou a ter 19 marcas, entre massas, biscoitos, torradas, margarinas e refrescos, 15 plantas industriais e mais de 20 mil funcionários. Com a proposta de acelerar o crescimento nas regiões Sul e Sudeste, a companhia informou que o volume total de biscoitos, já contabilizando a aquisição, alcançou share de 34,5% e o de massas chegou a 35% na última divulgação de resultados (2º trimestre de 2018).

A companhia prevê investimentos em marketing e em lançamento de produtos. “A Piraquê conta com um portfólio de alto valor agregado e, portanto, com total aderência à nova categoria de torradas, que vai complementar o portfólio da marca”, diz Mainieri. A companhia contratou uma empresa de branding para ajudar na evolução do posicionamento da marca e uma agência de publicidade, prevendo uma gestão de comunicação bastante ativa nos universos online e offline.

“Todo o trabalho comercial, de marketing e de comunicação terá como base a preservação das origens da Piraquê e de seus três principais pilares: tradição, qualidade e originalidade”, explica o executivo da empresa. Segundo ele, um exemplo é o layout das embalagens das novas torradas, que são inspiradas no design de repetição, que é um ativo exclusivo da marca. “Com isso, o consumidor vai rapidamente reconhecer e perceber a entrada de Piraquê na nova categoria”, explica Mainieri.


menu
menu