Número de dívidas regularizadas cresce 4,42%

Número de dívidas regularizadas cresce 4,42%

O número de dívidas regularizadas cresceu 4,42% em dezembro na comparação com o mesmo mês de 2016. Os dados fazem parte do novo Indicador de Recuperação de Crédito, lançado nesta terça-feira (30/01), do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), que permitirá acompanhar em todas as regiões, a evolução do número de consumidores brasileiros que deixam os cadastros na inadimplentes após pagamento da dívida pendente. Essa foi a primeira alta do indicador para os meses de dezembro desde 2014, quando a alta foi de 12,11%.

Na comparação com novembro do ano anterior, não considerando o ajuste sazonal, o levantamento mostrou que o número de dívidas quitadas apresentou uma alta expressiva de 38% no mês de dezembro, consequência das campanhas de recuperação de crédito e também pela injeção de capital extra na economia por meio do décimo terceiro salário e demais bonificações típicas do período.

Em novembro de 2017 comparado a outubro, o indicador também já havia apresentado uma alta elevada, de 11,98%, após três meses seguidos de retração.

“Com a proximidade das festas de fim de ano, muitos brasileiros costumam limpar o nome para voltar ao mercado de consumo, aproveitando o dinheiro extra do décimo terceiro e das bonificações. Além de refletir uma tendência sazonal, os números demonstram um cenário econômico pouco mais favorável para o consumidor, que aos poucos vem ganhando confiança para retomar sua capacidade de pagamento”, explica o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.


menu
menu