Ministério da Agricultura libera BRF para retomar exportações

Ministério da Agricultura libera BRF para retomar exportações

Nota atualizada no dia 20/04 às 11:29

O governo brasileiro liberou a produção e certificação sanitária de unidades de produção da BRF a retomar as exportações de aves do Brasil para a União Europeia (UE), de acordo com despacho do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgado hoje, (18/04).

Na noite desta terça-feira, (17/04), o Ministério da Agricultura derrubou o autoembargo que havia imposto às unidades produtoras, atestando a retomada da produção e certificação sanitária das seguintes fábricas: Concórdia (SC), Dourados (MG), Serafina Corrêa (RS), Chapecó (SC), Várzea Grande, Ponta Grossa e Rio Verde (GO), Marau (RS) e da SHB Comércio e Indústria de Alimentos, em Francisco Beltrão (PR).

No entanto, as unidades de Nova Mutum (MT) e Capinzal (SC), que também tiveram suas atividades suspensas, não foram listadas até o momento.

Procurada pela equipe de reportagem da SuperVarejo, a BRF se manisfestou sobre o caso. Confira abaixo a íntegra do texto divulgado:

NOTA À IMPRENSA – COMISSÃO EUROPEIA

A BRF informa que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) revogou a medida cautelar do dia 16 de março de 2018, que interrompeu preventivamente as exportações da Companhia para a União Europeia. Com relação à possibilidade da Comissão Europeia decidir limitar as exportações da BRF nos próximos dias, a empresa confia que decisões dessa natureza sejam feitas com base em critérios técnicos e sanitários, sem espaço para motivações políticas ou de proteção de seu mercado local.

Nos seus 20 anos de relação comercial com a União Europeia, a BRF demonstrou comprovada performance de qualidade e, com base nessa experiência, acredita no bom senso e na seriedade das autoridades europeias. A Companhia continua à disposição para ser ouvida, uma vez que não teve esta oportunidade em Bruxelas, na Bélgica, após múltiplas tentativas.

As medidas de revisão de planejamento de produção já implementadas pela Companhia estão mantidas e poderão sofrer alterações conforme as decisões que serão tomadas pela Comissão Europeia.

A BRF, ao longo dos seus mais de 80 anos, vem sempre aprimorando suas práticas de qualidade, segurança alimentar, controles e gestão de seus processos. Temos orgulho de nossa história e acreditamos que esta é uma jornada contínua na qual sempre haverá espaço para melhorias e evolução. Este é o nosso compromisso e com esta convicção trabalhamos todos os dias. Certificações internacionais de qualidade, como a do GFSI (Global Food Safety Initiative), Global-GAP, Agricultural Labeling Ordinance (AloFree), GenesisGap e ISO 17025:2005, atestam esse compromisso.

Relembre o caso

Há um pouco mais de um ano, em 18/03/2017, a BRF enviou um comunicado à imprensa para se pronunciar a respeito da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal. No caso, o Ministério havia decretado a interrupção temporária da produção e certificação sanitária de 10 unidades da companhia que exportavam do Brasil para a UE, conforme divulgado no portal da SuperVarejo.


menu
menu