Mars apresenta iniciativa em prol da sustentabilidade do cacau

Mars apresenta iniciativa em prol da sustentabilidade do cacau

A fabricante de chocolates Mars, que detém marcas como M&Ms, Snickers e Twix, lançou um novo plano para inspecionar sua cadeia de suprimentos de cacau. Com o nome de Cocoa for Generations (Cacau para Gerações, em tradução livre), a iniciativa posiciona o interesse do fazendeiro de pequenas terras em seu centro, ajuda a proteger crianças e florestas e cria um caminho para que fazendeiros de cacau e comunidades que cultivam o fruto possam prosperar, segundo informa a companhia em comunicado divulgado à imprensa.

Apoiada por um investimento de US$ 1 bilhão no decorrer de 10 anos, a ação é adicionada às estratégias de sustentabilidade que a companhia anunciou em 2017. “Por quase 40 anos temos trabalhado para atingir uma produção sustentável de cacau”, destaca o vice-presidente global do setor de cacau da Mars, John Ament.

“Embora tenhamos tido avanços, incluindo a conquista de aproximadamente 180 mil fazendeiros com certificação de sustentabilidade, estamos insatisfeitos com nosso ritmo de progresso e o do setor de cacau, como um todo. Não temos todas as respostas, mas nossa primeira etapa é colocar o fazendeiro no centro de nossas ambições e ações. Planejamos inspirar outros e trabalhar juntos para garantir o Cocoa for Generations”, acrescentou o executivo.

A nova ação da Mars consiste em dois pilares, segundo pontua a empresa, classificados como Responsible Cocoa Today e Sustainable Cocoa Tomorrow, termos que, em português, podem ser traduzidos, respectivamente, como Cacau Responsável Hoje e Cacau Sustentável Amanhã. No primeiro deles, a organização almeja ter 100% de seu cacau derivado de seu programa Responsible Cocoa, originado globalmente e rastreável com responsabilidade até 2025. No segundo, o objetivo é demonstrar que mudança em etapas na renda do fazendeiro e em seu sustento é possível. E, de maneira paralela, a empresa trabalhará com a indústria, governos e outros parceiros da sociedade civil a fim de buscar soluções compartilhadas e resultados mutuamente benéficos para famílias produtoras de cacau.


menu
menu