MARCA PRÓPRIA GANHA ESPAÇO NA DESPENSA

MARCA PRÓPRIA GANHA ESPAÇO NA DESPENSA

nielsen-finalApesar de 28% dos lares brasileiros da classe média sentirem os impactados crise, com a presença de dívidas ou desemprego, essa pressão fez com que essas famílias buscassem alternativas para continuar consumindo.
São 13,7 MM de lares que ficaram mais atentos ao seu carrinho de compra, tornando-se abertos à troca de marcas e priorizando produtos que entreguem uma boa relação de custo-benefício, principalmente no formato Hipermercado.

Eles são conscientes dos preços praticados pelas marcas e lojas, e as promoções se tornaram um importante gatilho para o consumo.

Comprarando com a média do mercado, as Marcas Próprias trabalham com preço 13% mais competitivo em 85% das categorias, sendo uma alternativa atraente para essas famílias.

As Marcas Próprias se destacam em ganho de penetração nos lares impactados, +3,9p.p, representando mais de 460 mil domicílios comprando esses itens.

Um ponto importante, e de detaque para o futuro, é que 50% dos lares que trocam de marca declaram que manterão seus hábitos de consumo quando a situação melhorar. Ou seja, não adianta esperar que, após a crise, itens mais caros voltem a ter a mesma importância que o passado nessas famílias.

Dinate deste cenário, é importante oferecer um portfólio que atenda a este público, que representa 28% dos gastos no Brasil.

Total Brasil – Fonte: Nielsen, *ESTUDO MUDANÇAS DO MERCADO BRASILEIRO 2016 VS 2015 / % Troca por marcas mais baratas. Penetração de Marca Própria / Fonte: Homescan

img-nielsen-final2

Para mais informações, entre em contato com Mariana Morais, Consumer Panel Services, Strategy&Innovation (mariana.morais@nielsen.com), ou acesse nielsen.com.br.


menu
menu