Lucro da Pepsico tem queda de 14% no segundo trimestre do ano

Lucro da Pepsico tem queda de 14% no segundo trimestre do ano

A Pepsico encerrou o segundo trimestre do ano com um lucro líquido de US$ 1,8 bilhão, o que figura uma queda de 14% em relação aos US$ 2,1 bilhões alcançados em igual período do ano anterior. Segundo a empresa, o recuo no resultado se deu por conta do aumento de 63% na provisão de impostos, resultado da reforma tributária aprovada pelos EUA em 2017.

Na comparação anual, a receita da companhia de alimentos avançou 2%, passando de US$ 15,7 bilhões para US$ 16,1 bilhões. O câmbio registrou efeito positivo de 1 ponto percentual no resultado e, em termos orgânicos (desconsiderando os efeitos do câmbio entre outros aspectos não recorrentes), a receita teve avanço de 2,6%.

Já o lucro operacional da organização evoluiu 4% no segundo trimestre, somando o montante de US$ 3 bilhões. A divisão dos países da Ásia, Oriente Médio e norte da África teve o melhor resultado nesse período, com lucro operacional crescendo em 43%.

No primeiro semestre fiscal, a empresa teve faturamento de 28,6 bilhões de dólares, um acréscimo de 3% no comparativo ao mesmo período do ano anterior. O lucro líquido, porém, caiu 8% nos últimos 12 meses, ficando em 3,1 bilhões de dólares.


menu
menu