Lidl realiza ação ambiental nas praias de Portugal

Lidl realiza ação ambiental nas praias de Portugal

O Lidl Portugal, braço da rede alemã, irá realizar um projeto que mostra a importância de boas práticas nas praias, além de chamar a atenção dos portugueses para os princípios da economia circular, por meio da recuperação, reutilização, reciclagem e redução do desperdício de materiais plásticos.

A ação, denominada TransforMAR, é uma parceria entre a supermercadista e a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), a Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos (Amb3e), a Associação Nacional de Conservação da Natureza (Quercus)  e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

A partir de 15 de junho, o projeto vai disponibilizar, em 14 praias portuguesas (de norte a sul do país), um depósito próprio para que os banhistas coloquem seus resíduos, o plasticôdromo. O depósito ficará cerca de três dias em cada praia e informará o número de artigos recolhidos a cada hora e o respectivo peso em quilos.

Segundo informações do portal Ambiente Magazine, o Lidl afirmou que os plásticos recolhidos serão transformados em aparelhos de circuito para atividades físicas, e serão colocados nos locais onde os itens foram retirados. A escolha deste novo destino atribuído ao plástico, vai ao encontro dos estilos de vida saudáveis a escolhas responsáveis. Também neste sentido, o projeto “TransforMAR”, acompanhará o calendário do Campeonato Nacional de Voleibol de Praia, da Federação Portuguesa de Voleibol.

Esta ação também conta com um componente que pretende reconhecer e distinguir o bom comportamento dos demais. Aqueles que mostrarem uma boa prática ambiental, serão premiados com um vale descontos para utilizarem nas unidades da rede.

De acordo com a diretora de Comunicação Corporativa do Lidl Portugal, Vanessa Romeu, este projeto está totalmente alinhado com a aposta no meio ambiente e na contribuição para a adoção de comportamentos mais sustentáveis, seja do negócio seja das comunidades. “Da nossa parte apostamos na promoção de processos para a correta gestão de resíduos, na promoção da economia circular e também através do nosso compromisso de reduzir o consumo de plástico em 20% até 2025 e integrar 100% plástico reciclado nas nossas embalagens antecipando desta forma as medidas da união europeia”, afirmou.


menu
menu