J&F vende Vigor para empresa mexicana

J&F vende Vigor para empresa mexicana

Depois de semanas de negociações, a JBS concluiu o processo de venda de sua participação de 19,43% na Vigor Alimentos para o grupo mexicano Lala. O acordo foi assinado nesta quinta-feira (26/10).

Segundo o portal Folha de S.Paulo, o valor da negociação é um pouco inferior aos R$ 5,7 bilhões inicialmente divulgados, já que a mineira Itambé, que pertence 50% aos irmãos Batista e 50% à CCRP (Cooperativa Central de Produtores Rurais de Minas Gerais), não entrará no negócio. Com isso, o novo alcance da transação ficará com valor implícito líquido de R$ 4,325 bilhões.

Ainda de acordo com o portal, segundo fontes próximas às discussões, a CCRP, já havia informado a intenção de exercer o direito de preferência e recomprar os 50% da Itambé, vendidos aos irmãos Batista há quatro anos, pediu a prorrogação do prazo, já que a cooperativa está estruturando um financiamento bancário para levantar o valor de R$ 700 milhões necessários para efetivar a aquisição.

Apesar das importantes mudanças, o atual presidente da Vigor, Gilberto Xandó permanecerá no comando da fabricante de lácteos.

Além da Vigor, a J&F já havia vendido a Alpargatas, dona das Havaianas, e uma parte da fabricante de celulose Eldorado. Os recursos estão sendo usados para pagamentos de dívidas.


menu
menu