IPCA atinge 0,24% em julho e fica abaixo do piso da meta, segundo IBGE

IPCA atinge 0,24% em julho e fica abaixo do piso da meta, segundo IBGE

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,24% em julho ante o mês anterior, segundo os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (09/08). O maior impacto veio do aumento das contas de luz, ainda assim, a relação registrou o menor resultado para o mês de julho desde 2014, quando o índice ficou em 0,01%.

No acumulado em 12 meses, o índice foi para 2,71% abaixo do piso da meta de inflação estabelecida pelo governo pela primeira vez desde março de 2007, nesta base de comparação. O piso da meta é de 3% ao ano (1,5 ponto percentual abaixo do centro da meta, 4,5% ao ano). Este patamar foi o menor para o total de um ano desde fevereiro de 1999, quando o índice acumulou 2,24%.

Segundo informações do portal G1, em julho, os grupos habitação e transporte elevaram o índice, com variação positiva de 1,64% e 0,34%. Já o grupo alimentação e bebidas, que são responsáveis por 25% das despesas familiares, decaiu pelo terceiro mês consecutivo (-0,47%).

O gerente da coordenação de Índices de Preços do IBGE, Fernando Gonçalves, ressaltou que a alimentação é o principal item que tem ajudado a manter a inflação abaixo do piso da meta para o acumulado em 12 meses.

De janeiro a julho, o IPCA ficou em 1,43%, abaixo dos 4,96% registrados no mesmo período do último ano.


menu
menu