Interação e conectividade

Interação e conectividade

Amigo leitor,

Rogério Gatti Editor

Que o consumidor está procurando cada vez mais comodidade e conveniência para realizar suas compras não é uma novidade, mas a velocidade com que esses parâmetros estão mudando é que chama a atenção.

O que hoje é considerado inovador em termos de atender o cliente da melhor forma pode deixar de ser em questão de meses. As empresas de tecnologia se adaptaram muito bem a essa realidade, talvez o maior exemplo seja o Uber, que continua se transformando e aumentando a oferta de serviços, como por exemplo oferecer a entrega de comida.

Mas se o grau de exigência varia de consumidor para consumidor, então não será só a tecnologia que vai resolver o seu relacionamento com os clientes. É muito importante fazer o básico bem feito, utilizando a tecnologia para resolver os problemas de estoque, controle de vendas etc.

O desafio é conseguir usar todos os recursos tecnológicos que vemos no varejo a favor do consumidor, como por exemplo os self-checkouts, as câmeras inteligentes, entre outros.

Por fim, alinhar a expectativa do seu cliente real com a sua proposta e entregar o que promete ainda é o caminho para conseguir atender o nível de exigência e não decepcionar quem vai até a loja, seja fisicamente, online, seja pelos aplicativos de compra onde os produtos são retirados por um terceiro.

Boa leitura e ótimos negócios.


menu
menu