Índice de estoques tem queda de 2%, segundo FecomercioSP

Índice de estoques tem queda de 2%, segundo FecomercioSP

O Índice de Estoques (IE) do varejo da cidade de São Paulo registrou queda de 2%, passando de 105,1 pontos em novembro para 103 pontos em dezembro e ficou abaixo da expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), mesmo levando em consideração a recuperação do comércio varejista neste ano.

De acordo com o portal da FecomercioSP, esta é a terceira retração seguida. Em relação ao mesmo mês de 2016, quando o índice atingia 106,1 pontos, houve retração de 2,9%. A proporção de empresários que considera seu nível de estoques adequado alcançou 51,5%, a menor parcela desde abril e bem abaixo da média histórica pré-crise de 60%.

Os dados compõem o Índice de Estoques (IE), da FecomercioSP, que capta a percepção dos varejistas sobre o volume de mercadorias estocadas nas lojas, e varia de zero (inadequação total) a 200 pontos (adequação total). A marca dos cem pontos é o limite entre inadequação e adequação.

A parcela de empresários que afirmou estar com estoques acima do adequado chegou a 32,4%, alta de 0,8 ponto porcentual no comparativo ao mês anterior e 0,8 p.p. abaixo do apurado em dezembro do ano passado.

Os que afirmaram estar com o nível de mercadorias abaixo do ideal aumentaram 0.2 p.p., atingindo 16%. Em relação a dezembro de 2016, houve crescimento de 2,4 pontos porcentuais.


menu
menu