Inadimplência do consumidor cai 1,4% no acumulado em 12 meses

Inadimplência do consumidor cai 1,4% no acumulado em 12 meses

A inadimplência do consumidor caiu 1,4% no acumulado em 12 meses (março de 2018 até fevereiro de 2019 frente aos 12 meses antecedentes). Já na avaliação mensal com ajuste sazonal, o segundo mês deste ano apresentou queda de 3%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2018, o indicador caiu 6,1%, de acordo com dados nacionais da Boa Vista.

Regionalmente, na análise acumulada em 12 meses, ocorreu queda em todas as regiões: Centro-Oeste (3,9%), Norte (3,5%), Nordeste (1,5%), Sudeste (0,7%) e Sul (1,5%).

As adversidades ocorridas na economia ao longo dos últimos anos geraram grande cautela nas famílias, inibindo o consumo e a tomada de crédito, contribuindo para a queda do fluxo de inadimplência. Passado o período mais intenso da crise econômica, o indicador demonstra sinais de que caminha para estabilização, após três anos consecutivos de queda nos registros.

Ainda assim, a manutenção de um ritmo estável do estoque de inadimplência está condicionada por uma recuperação mais consistente do mercado de trabalho, redução dos juros e evolução da renda.


menu
menu