Exportação de carne suína cresce 8,1% em outubro

Exportação de carne suína cresce 8,1% em outubro

As exportações brasileiras de carne suína atingiram 63 mil toneladas em outubro, equivalente a um aumento de 8,1% em comparação ao ano anterior (os dados consideram todos os produtos, tanto in natura quanto os processados), de acordo com o levantamento realizado pela Associação de Proteína Animal (ABPA).

O volume adquirido neste ano foi mais alto do que em 2017, que não chegou a atingir 60 mil toneladas. Entretanto, a receita de vendas do décimo mês do ano chegou a US$ 108,1 milhões (cerca de R$ 420,37 milhões), 20,1% menor que os US$ 135,4 milhões ( aproximadamente R$ 526,15 milhões) em outubro/17.

As exportações acumuladas de janeiro a outubro de 2018 tiveram um volume de 530,5 mil toneladas, 10% menor que as 589,1 mil toneladas no mesmo período do ano passado. Já o saldo alcançado de US$ 1 bilhão (cerca de R$3,88 bilhões) foi 27,7% menor que o número obtido entre os dez primeiros meses de 2017 (US$ 1,383 bilhão, ou R$5,3703 bilhões).

O principal destino desse produto continua sendo Hong Kong, com 137 mil toneladas importadas entre janeiro e outubro (26,3% do total), incrementou suas compras em 8% no período. A China também teve grande destaque de crescimento, com 131,1 mil toneladas importadas em 2018, o que representa 25,1% do total.

Com notoriedade na África, a Angola importou 33,4 mil toneladas (6,4% do total), sendo 33% maior que o volume anterior. E na América do Sul, a Argentina foi destino de 30,9% mil toneladas (5,9 do total), aumentando 17% de suas importações, segundo informações do portal Feed&Food.

“Além do bom desempenho nos mercados da Ásia, África e América do Sul, os próximos números das exportações de carne suína deverão ser influenciados, também, pela reabertura do mercado da Rússia, ocorrida no primeiro dia de novembro. Embora sejam clientes tradicionais do setor produtivo, os importadores russos deverão voltar com níveis de demanda semelhantes ao de um novo destino de exportação”, destacou o presidente da ABPA, Francisco Turra.


menu
menu