Edição de Dezembro/2016 – Nielsen Shopper insights

Edição Dezembro de 2016 (informações até setembro de 2016)

Quais os consumidores mais valiosos para cada formato?

Após um longo período de baixa e estabilidade, o índice Confiança do Consumidor volta a crescer no Brasil. No terceiro trimestre, o índice subiu a 84, 10 pontos a mais do que no segundo trimestre e 5 pontos a mais quando comparado com o terceiro trimestre de 2015, mas ainda muito abaixo do índice de 101 em 2014.


img-super2

Entretanto, apesar da melhora na confiança, o consumo desacelerou em 2016 e o aumento de preço dos alimentos é uma preocupação cada vez mais real, uma vez que a taxa de desemprego é ainda alta e a renda familiar está em queda . Após dois anos gastando mais do que ganham, as famílias, na média, conseguiram equilibrar as contas em 2016, porém esse equilíbrio impactou o consumo e as Cestas Nielsen, que retraíram 4,6% em volume e 3,6% em valor até Outubro. Este resultado tornou o cenário mais acirrado quando o tema é disputar o bolso do consumidor.

Ainda assim, existem grupos de consumidores que não diminuem o desembolso nos principais canais. Saiba quem são eles e o que buscam:

⦁ NO HIPERMERCADO: CLASSE A/B, DONAS DE CASA ACIMA DE 55 ANOS, SEM CRIANÇAS
⦁ Neste grupo, destaca-se a compra de Abastecimento, onde a frequência é o principal diferencial. Esses lares fazem 30% mais esse tipo de compra do que a média.
⦁ Destaque também para Reposição Especial, onde itens mais Premium têm maior importância para o grupo, já que o ticket médio nesta ocasião de compra é 15% maior que a média.
⦁ Vão ao Hipermercado a cada 30 dias.

⦁ NO SUPERMERCADO: CLASSE A/B, DONAS DE CASA ENTRE 31 E 50 ANOS, COM 3 OU MAIS PESSOAS
⦁ 44% dos gastos desses consumidores no canal ocorrem em ocasiões de Abastecimento, quando o ticket médio é de R$ 314. Entretanto, a maior frequência de compras está na Reposição por Oportunidade, com a compra de itens mais baratos ou promocionados.
⦁ Vão ao Supermercado a cada 15 dias.

⦁ NO VIZINHANÇA: CLASSE C, DONAS DE CASA ACIMA DE 40 ANOS
⦁ 39% do valor direcionado às compras no canal ocorrem em ocasiões de Reposição por Oportunidade. Essa concentração de gastos é de 3 pontos percentuais acima da média. Nestas compras, predominam: baixo ticket, poucos itens e produtos em promoção.
⦁ Consumidores com esse perfil levam, em média, 43 dias para retornar ao canal.

⦁ NO ATACAREJO: TODOS OS PERFIS CRESCEM
⦁ Maiores contribuições para Atacarejo: lares sem crianças das classes A/B
⦁ Apesar de 2/3 do gasto feito neste canal ser destinado à compras de Abastecimento, as compras de Reposição crescem 35% via aumento de domicílios realizando este tipo de compra.


menu
menu