Drylock Technologies compra marcas Capricho e Mardam

Drylock Technologies compra marcas Capricho e Mardam

A Drylock Technologies, sediada na cidade de Zele, Bélgica anunciou a compra das fabricantes brasileiras de fraldas descartáveis Capricho e Mardam. A corporação belga será a única acionista das empresas nacionais e prevê vendas brutas anuais de cerca de € 100 milhões.

Por ser o 4º maior mercado de cuidados para bebês do mundo atingindo cerca de € 1,7 milhão em vendas anuais de fraldas, o país é considerado parte estratégica do crescimento da empresa.

Já o mercado brasileiro de cuidados para adultos é atualmente de € 450 milhões. Com a fusão, a Drylock Brasil irá representar 7% de participação de mercado no segmento de bebês e 8% no mercado de segmentos de cuidados para adultos.

Para o CEO e presidente da Drylock Technologies, Bart Van Malderen, a aquisição de duas fabricantes que são referências no segmento de fraldas foi de extrema importância para propagar a inovação da empresa belga para todo o mercado latino-americano.

“É ótimo unir forças com a Mardam e a Capricho, para ter a oportunidade de trazer a inovação Drylock e paixão pelo cliente para o Brasil, bem como para o mercado latino-americano em geral, em apoio à expansão da pegada global da Drylock como um inovador líder no setor de cuidados pessoais”, afirmou Malderen.

Para o sócio administrador da Mardam, Bruno Dametto, comentou os planos para o futuro da nova parceria. “Trabalhar com Drylock e Capricho agora cria um novo jogador de longo prazo no mercado brasileiro de cuidados pessoais. Esta é uma boa notícia para nossos clientes que poderão servir ainda melhor do que antes desenvolvimentos de inovação e expansões de alcance”, disse.

E o diretor comercial da empresa Capricho, Dirceu Forti Filho, comentou sobre a importância da nova parceria. “A oportunidade é excelente para a Capricho e a Mardam construírem uma equipe mais forte para competir no mercado, enquanto faz uso da paixão Drylock para inovar para nossos clientes tanto com nossas plataformas de marca atuais bem como rótulo privado”, finalizou.


menu
menu