Desodorantes e antissépticos bucais se destacam na cesta de higiene do brasileiro

Desodorantes e antissépticos bucais se destacam na cesta de higiene do brasileiro

Bastante antenado com os cuidados pessoais, o brasileiro aumentou o consumo de desodorantes e antissépticos bucais nos 12 meses terminados em junho deste ano em comparação com o mesmo período de 2017. Enquanto a cesta de higiene e beleza apresentou crescimento de 2,1% em volume, os itens tiveram elevação de 11%, sendo os únicos a alcançar dois dígitos, conforme indica estudo da Kantar Worldpanel.

Entre os formatos de loja que se destacam na venda dessas categorias, o atacarejo é hoje o principal canal de compra para produtos da cesta, conquistando mais 1,6 milhão de novos lares compradores no período analisado (+ 3 pontos percentuais), segundo aponta a pesquisa. Para mostrar a disparidade entre os canais de venda, o porta a porta registrou queda de 4 pontos percentuais, enquanto o hipermercado caiu 1 ponto percentual e drogarias e farmácias aumentaram 2 pontos percentuais.

O estudo revela também que o comportamento dos consumidores, cada vez mais complexo, é diferente em cada canal. Enquanto no atacarejo entram no carrinho itens como papel higiênico, desodorante, creme dental, absorvente higiênicos e pós-xampu, nas drogarias e farmácias dominam a cesta de compras desodorante, creme dental, deo colônia e sabonete. As promoções seguem importantes para a cesta, principalmente as do tipo “leve mais, pague menos”.


menu
menu