De olho na Black Friday: cinco ações infalíveis para aplicar no seu e-commerce

De olho na Black Friday: cinco ações infalíveis para aplicar no seu e-commerce

*Por Vinicius Guimarães

A Black Friday é uma das datas mais determinantes no faturamento das lojas online em todo o mundo. Em 2017, uma pesquisa realizada pela Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, mostrou alta de 40% na data em comparação com o ano anterior.

Apesar de segmentos como eletrônicos, eletrodomésticos e moda serem quase sempre os mais procurados pelos consumidores, qualquer e-commerce pode alavancar seu faturamento neste período. Entretanto, a falta de planejamento pode afetar as ações e comprometer os resultados.

Pensando nisso, elenquei cinco ações que o lojista virtual pode adotar no período pré-Black Friday para garantir boas vendas no dia.

1. Trabalhe o marketing digital

As semanas que antecedem a Black Friday são o momento ideal para divulgar que a loja oferecerá descontos interessantes. Estratégias como e-mail e redes sociais são boas apostas. O Google Ads também pode ser utilizado, basta focar em anúncios no dia específico da promoção, para que o usuário encontre a loja assim que digitar o produto desejado no motor de busca.

2. Prepare a infraestrutura

Para não correr risco de instabilidade no e-commerce devido ao alto número de acessos simultâneos, é recomendada atenção redobrada em relação ao servidor onde o site está hospedado. No caso de dúvida ou necessidade de ampliação da capacidade, é preciso entrar em contato com o fornecedor com certa antecedência, não deixando nada para a última hora.

3. Ofereça desconto reais

Anteriormente, uma prática muito comum para uma parcela dos lojistas era subir o preço dos produtos algumas semanas antes da Black Friday, para no dia retornar ao valor antigo, sem oferecer de fato um desconto. Os consumidores perceberam essa tática e nas últimas edições denunciaram diversos e-commerces por práticas abusivas na precificação dos itens. Para não cair nessa, é importante conhecer bem a margem de lucro e trabalhar ao máximo os descontos possíveis.

4. Envolva seus colaboradores

Diferentemente de outras datas, a Black Friday tem seus descontos restritos pelo período de 24 horas e, por isso, não existe “horário comercial” nesse dia. Para que o cliente tenha uma experiência de compra incrível, é fundamental que os atendentes estejam prontos para executarem um ótimo trabalho. Treinamentos e simulações de situações são boas estratégias. Além disso, caso a equipe seja pequena para cobrir os dois turnos, é importante considerar a contratação de colaboradores temporários.

5. Planeje a campanha

Apesar de durar apenas um dia, não se faz uma Black Friday do dia para a noite. Tornar aquele produto visível entre milhares de outros é uma tarefa que passa por todas as etapas acima e requer muito planejamento. Dessa forma, quanto mais cedo começar, maiores são as chances de faturar alto.

*Vinicius Guimarães é coordenador de marketing e inside sales da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb


menu
menu