Cresce número de empresas inadimplentes

Cresce número de empresas inadimplentes

O número de empresas inadimplentes cresceu 5,35% em 2017 ante o ano de 2016. Os números foram calculados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Em 2016 a variação anual havia sido de 5,01%; e em 2015 de 11,9%.

O setor de Serviços foi onde o número de empresas negativadas mais cresceu, com variação de 8,22%, seguidos pelos setores de Comércio (3,42%), Indústria (2,93%) e Agricultura (-0,99%).

Ao analisar os setores credores, ou seja, aqueles para os quais as empresas devem, o avanço mais expressivo da inadimplência foi observado pela Indústria (4,67%), seguida por Serviços (4,12%) e Comércio (3,24%).

Na análise por região, o Sudeste mostrou crescimento na comparação anual, 7,37%. Seguido pelas regiões Sul (3,18%), Centro Oeste (2,99%), Nordeste (2,61%) e a região Norte (2,23%).

“A crise econômica vivida pelo país nos últimos anos impôs severas dificuldades para empresas e consumidores, afetando a capacidade de honrarem todos os seus compromissos”, afirmou o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro.


menu
menu