Como o shopper mixa os canais para racionalizar suas compras?

Como o shopper mixa os canais para racionalizar suas compras?

Shopper Insights – Edição Julho de 2016 (informações até março de 2016)

Desde o inicio de 2016, a racionalização e planejamento de compra estão mais presentes na rotina do shopper, visto que 6 em cada 10 brasileiros reduzem seu consumo. Seja por diminuição de frequência, trade down (troca por marcas baratas) ou corte de volume e gastos, esta atitude tem sido necessária. E para isso, o shopper explora cada vez mais as vantagens competitivas de cada canal de compra para continuar consumindo com melhor custo benefício.

Captura de Tela 2016-07-19 às 16.43.29Neste cenário, as compras de abastecimento ganham importância, passando a representar 42% do total de gastos no último ano. O Cash & Carry (atacarejo) continua sendo o canal mais importante de abastecimento, porém os autosserviços regionais ganham força nesta missão de compra, totalizando 39% do gasto no canal.

Sabendo que os lares procuram mais vantagens para adequar suas necessidades, a mixidade entre canais torna-se uma forma importante de atingir seus objetivos. Nesse contexto, surgem novos grupos compradores: os Exclusivos, ou seja, aqueles que realizam suas compras em apenas um canal; os Mixadores Ocasionais, que mixam 2 ou 3 canais; e o Multicanal, que é o shopper que interage com 4 ou mais canais.

Captura de Tela 2016-07-19 às 16.43.51

Exclusivos

Esse grupo é representado hoje por, aproximadamente, 31% da população. Os lares que se mantêm fiéis a um canal vão principalmente ao Hipermercado e Cash & Carry. Eles são mais planejados e buscam especialmente o abastecimento e, mesmo se for necessária uma reposição, voltam ao mesmo formato.

Mixadores Ocasionais

O maior grupo de compradores (44% dos domicílios) é feito pelos mixadores ocasionais, que usam principalmente o Cash & Carry, Hiper e Supermercados. E nesse grupo fica muito claro o papel que cada canal tem nesses lares:

Multicanal

O shopper com este perfil interage com um maior número de canais à procura de vantagens específicas que cada um deles oferece. A interação entre Cash&Carry + Hipermercados + Supermercados + Vizinhança, apesar de menor (6% da população), é a que mais ganha adeptos no último ano. Assim como no Mixador Ocasional, este shopper procura se abastecer no Cash&Carry e fazer reposições nos outros formatos:

  • Hipermercados: tem a função de reposição regular ao longo do mês e Reposição Especial – a compra de itens mais premium – em geral para ocasiões especiais;
  • Supermercados: são procurados para reposição regular e, principalmente, para busca de itens promocionados ou mais baratos;
  • Vizinhança: a procura é por itens mais baratos e para compras de emergência.

Para mais informações, consulte seu atendimento ou entre em contato com Aurélia Vicente – Consumer Panel Services, Manager for Retailers (Aurelia.Vicente@nielsen.com)


menu
menu