China amplia importação de soja em 30% e registra máxima histórica

China amplia importação de soja em 30% e registra máxima histórica

No último mês, a China registrou níveis mais altos em relação às importações de soja. De acordo com os cálculos da Reuters com base em dados aduaneiros, o país teve um acréscimo de cerca de 30% e, com isso, busca se livrar do fluxo excessivo nos portos por causa das elevadas chegadas do produto.

As importações em julho atingiram 10,08 milhões de toneladas, superando o nível mais alto registrado em maio, com a marca de 9,59 milhões de toneladas. No mês anterior, o volume desembarcado havia somado 7,69 milhões de toneladas.

Segundo informações do portal Exame, a China já importou 54,89 milhões de toneladas de janeiro a julho, alta de 16,8% em relação ao mesmo período de 2016, como revelam dados da administração geral da alfândega.

Os grandes desembarques já pressionaram as margens da indústria na China, passando brevemente para o saldo positivo em julho antes de retornarem ao vermelho. Os suprimentos devem começar a diminuir a partir de agosto, segundo analistas, o que ajudaria a indústria a recuperar as margens.


menu
menu