Carreira x Desempenho x Reinvenção: Qual destas três partes é a mais forte em seu perfil?

Carreira x Desempenho x Reinvenção: Qual destas três partes é a mais forte em seu perfil?

188.74.CONSULTORNa edição passada, o foco deste espaço foi a definição da prioridade estratégica para 2017, com minha recomendação intensa e convicta para a área de RH de TODAS as empresas.

Nesta edição, vamos ao outro lado da moeda, a responsabilidade, a parte do colaborador no processo de desenvolvimento de empresas, pessoas e sonhos. A pergunta no título desta matéria é provocante, mexe com o pensamento mais amplo e sistêmico da relação capital-trabalho. Nos últimos 20 anos, presenciamos e participamos da evolução e da transformação profunda dessa relação, sempre impactada pela velocidade com que a tecnologia nos desafiou a absorver novos métodos, novas soluções e equipamentos, antecipando o futuro para o dia a dia das relações organizacionais – entre empresas, áreas, pessoas e negócios.

Hoje, por maior que seja nosso esforço e investimento de tempo, a sensação é de um atraso em relação à tecnologia, e as pesquisas mundiais já comprovam isso. A evolução da tecnologia está à frente da capacidade do ser humano, muito mais veloz que nossa capacidade de acompanhar tanta inovação e transformação. Se você ainda não se deu conta, isso impacta diretamente na sua vida, na sua carreira, no seu desempenho e na sua capacidade de reinvenção, tanto de conteúdo como de resultados.

O nosso desempenho depende de uma combinação de fatores e coisas cada dia mais complexas e evolui exponencialmente, mas viemos do contexto mais simples: viemos de produtividade (que está sempre muito abaixo), da necessidade de geração de valor, da necessidade de análises ricas que nos levem a julgamentos certeiros para as decisões vencedoras.

Hoje, esse contexto ficou mais sofisticado e complexo, pois novos e os mais ricos conteúdos estão disponíveis por meio de novas tecnologias, que impactam em postos de trabalhos, extintos ou criados, sempre com a aparente razão de facilitar e enriquecer as decisões e/ou escolhas necessárias para a evolução de desempenho ou reinvenção.

A mente humana está sendo simultânea e rapidamente desafiada a acelerar sua capacidade de se atualizar e se reinventar não só para modernizar, mas também de simplificar para operacionalizar, em que o consumidor/cliente (interno e externo) precisa entender para “consumir” sem reclamar. Pense em algumas novidades mais conhecidas e recentes: O mundo on-line, a inteligência artificial (IA), a realidade ampliada, as salas de conferência sem fio, a internet das coisas, a impressão 3-D, os vestíveis (pulseiras inteligentes, smartwatches), entre tantas outras coisas.

O profissional/executivo, que tem seus sonhos de vida e carreira e que precisa acompanhar as enormes e velozes transformações, para viabilizar seu desempenho sustentável, que contribuirá para a evolução de sua carreira, não pode esperar somente da empresa a iniciativa de buscar desenvolvimento atualizado e contínuo, com qualidade.

Tenho uma convicção há muitos anos, que levei a prática e vivi o lado positivo, comprovando que é fato. Ainda é relativamente fácil fazer carreira neste país!

Faça uma análise ao seu redor, na empresa que você trabalha, ou fora dela, e responda: Quantas pessoas estão buscando de forma consistente e focada a sua atualização e preparação para o nosso futuro hoje? Quantos estão preocupados em equilibrar a importância do técnico, do comportamental e do relacionamento? A experiência nos mostra que muito pouca gente está verdadeiramente imersa nessa missão profissional, que viabiliza seus sonhos. Ora, mas sabemos que a grande maioria das análises, das observações e dos processos seletivos irão buscar pessoas com atitudes diferenciadas, que começa pela forma que enfrentam desafios e buscam seu desenvolvimento.

E, ao olhar ao seu redor, se inclua e faça uma profunda análise de produtividade, desempenho e reinvenção (criatividade) que você está produzindo. Atualize seu CV (curriculum vitae) e analise se ele está compatível com as exigências da empresa onde trabalha e do mercado. Coragem e responsabilidade para agir em tempo, em que sua carreira, sua equipe e sua empresa, para qual você trabalha, tenham o retorno e a realização que esperam, garantindo que a felicidade esteja presente em todos os lados da moeda!

Um grande e forte abraço!


menu
menu