Carrefour adota sistema para rastrear e monitorar produtos frescos

Carrefour adota sistema para rastrear e monitorar produtos frescos

O Grupo Carrefour adotou o sistema blockchain – uma espécie de banco de dados – para rastrear e monitorar frango, ovos e tomates enquanto estes são transportados da fazenda às lojas. A expectativa é que a solução seja implementada em todas as linhas de produtos frescos nos próximos anos.

A tecnologia foi desenvolvida pela IBM Food Trust, que já trabalha com outras varejistas, como por exemplo, o Walmart, empresas de logística e para implantação da modernização. A companhia permite que o contratante compartilhe informações sobre o cultivo de seus produtos, processo e o transporte.

Segundo informações da Reuters, a varejista aumentará o uso do sistema sobre 300 produtos frescos em todo o mundo até 2022, garantindo segurança em seus itens e a confiança dos seus consumidores. “O principal para nós, como Carrefour, é poder dizer, quando há uma crise, que temos a tecnologia blockchain, para que possamos rastrear e contar a história dos produtos”, disse o secretário-geral do Carrefour, Laurent Vallee.

Disponível no mundo todo, o Food Trust ganhará das empresas globais cerca de U$S212 mil por ano, de acordo com a IBM. No ano passado a companhia adquiriu dez empresas do varejo e de alimentos para sua clientela, entre elas a Nestlé, Unilever e a Tyson Foods.


menu
menu