Carnaval

Carnaval

por Nathalie Gutierres      nathalie.gutierres@supervarejo.com.br

O Carnaval acontece apenas em fevereiro do próximo ano, mas o que os supermercadistas não podem esquecer é que 2016 já começa agora. E, por isso, é preciso programar as ações promocionais referentes a uma das épocas mais animadas do ano a partir de dezembro, como indica o Calendário de Promoções da SuperVarejo, para que nas vésperas da data, a loja já esteja em clima de festa.

O que o varejista deve ter em mente é que o Carnaval é uma data sazonal relevante para diversas categorias da loja, como explica o diretor de consultoria da GS&AGR Consultores, Luiz Alexandre de Paula Machado. “Entender o perfil de consumo da loja é o primeiro passo. Com base nisso, deve-se definir o sortimento que será foco e que merecerá destaque na campanha promocional”, sugere Machado.

O planejamento de compra do sortimento para esta data irá depender da programação da loja. No caso do mix padrão, com os itens que a loja já esteja acostumada a trabalhar, Machado explica que o tempo de antecedência pode ser menor, mas se o sortimento for específico, a antecedência é maior. 

“É difícil falar dos produtos que não devem faltar, pois isso está relacionado à estratégia do varejista e, novamente, do perfil de consumo do supermercado. Não adianta colocar, por exemplo, fantasia na loja, se isso não tem nada a ver com o desejo do consumidor. De maneira geral, mercearia líquida [bebidas] é destino”, ensina Machado.

Para trazer a diferenciação ao Ponto de Venda e trazer o Carnaval para o supermercado, a sugestão são ações com promotores e comunicação visual, que são fundamentais para a data, como também explorar pontos extras na loja.

Machado explica que a estratégia de ambientação do supermercado irá variar de acordo com o perfil e o porte da loja. “Fazer isso em um formato de hipermercado é bem diferente da ambientação que pode ser feita em um formato de vizinhança”, explica o diretor da GS&AGR Consultores.

Importante ressaltar que todas essas sugestões irão depender da avaliação do supermercadista, entendendo se o período é relevante no desempenho de vendas. “Esse é o ponto de partida para o tamanho da ambição dessa campanha, ou seja, se for relevante tem que envolver toda a loja, todos os canais e as mídias utilizadas para atrair o cliente”, conclui Machado.


menu
menu