Brasil deverá ter inflação menor e alta reduzida do PIB em 2017, aponta mercado financeiro

Brasil deverá ter inflação menor e alta reduzida do PIB em 2017, aponta mercado financeiro

O mercado financeiro voltou a reduzir as estimativas de inflação para os anos de 2017 e 2018, além de baixar a previsão de crescimento da economia do país para este ano. O Banco Central (BC) divulgou as informações nesta segunda-feira (10/07), por meio do relatório Focus, que ouviu mais de cem instituições financeiras, conforme publicou o portal de notícias G1.

Para o comportamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2017, considerado a “inflação oficial” do Brasil, os economistas baixaram sua previsão de 3,46% para 3,38%, sendo a sexta queda consecutiva do indicador. Isso mantém a expectativa de que a inflação deste ano ficará abaixo da meta central para o ano (4,5%).

Em relação ao ano de 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação caiu de 4,25% para 4,24%, sendo a quinta redução seguida. O índice segue abaixo da meta central (igual a de 2017) e do teto de 6% fixado para o período.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, o mercado financeiro reduziu a estimativa de crescimento de 0,39% para 0,34%. Em 2018, a expansão da economia foi mantida em 2% pelos economistas.


menu
menu