Bombons e tabletes devem dominar a Páscoa

Bombons e tabletes devem dominar a Páscoa

Após enfrentar dois anos consecutivos de retração (2015 e 2016), a venda de chocolates durante a Páscoa em 2017 registrou crescimento de 12% em unidades e 10% em toneladas, segundo dados levantados pela Kantar Worldpanel.

Porém, diferentemente de outros anos, não foram os tradicionais ovos que alavancaram a retomada. Promoções e itens do portfólio regular, como caixas de bombons sortidos e tabletes, destacaram-se no período. De acordo com o estudo, caso a tendência de racionalização se mantenha, o cenário deste ano deve ser parecido.

Em 2017, os lares que adquiriram chocolates na data comemorativa gastaram, em média, R$ 70 no total de compras com a categoria. Nesse cenário, 90% das unidades comercializadas eram caixas de bombons, tabletes e outros formatos, enquanto os ovos de chocolate detiveram 10% de relevância no período.


menu
menu