Aumento de imposto do combustível eleva inflação em 2017

Aumento de imposto do combustível eleva inflação em 2017

Os economistas do mercado financeiro elevaram a previsão em relação à inflação neste ano, após o governo anunciar o aumento da alíquota de Programas de Integração Social (PIS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) sobre os combustíveis na última semana. As informações foram divulgadas pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira (24/07), por meio do relatório Focus, que ouviu mais de 100 instituições.

A inflação deve ficar em 3,33% na média, interrompendo assim sete quedas consecutivas no indicador, conforme apontam os analistas ouvidos pelo BC na semana passada. No relatório anterior, a estimativa era que a inflação ficaria em 3,29% na média. Apesar da elevação, a inflação permanece abaixo da meta central para o ano (4,5%), segundo informações do portal G1.

Em relação a 2018, a estimativa do mercado financeiro para a inflação ficou estável em 4,20% na última semana. O índice segue abaixo da meta central (mesmo valor de 2017), e do teto de 6% fixado para o período.

Para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, os economistas mantiveram sua estimativa de crescimento em 0,34%, enquanto em 2018, foi mantida a previsão de expansão da economia em 2%.


menu
menu