Amazon encerra parcialmente serviço de entrega de alimentos frescos

Amazon encerra parcialmente serviço de entrega de alimentos frescos

A varejista online Amazon está encerrando seu serviço de entrega de produtos frescos em determinadas áreas de atuação. Entretanto, a companhia continuará operando em mais de dez cidades, a exemplo de Los Angeles, nos Estados Unidos, e Tóquio, no Japão.

As entregas do AmazonFresh serão encerradas para alguns consumidores após o dia 30 de novembro, de acordo com mensagens enviadas para clientes em regiões dos estados da Pensilvânia e de Nova Jersey.

Alguns shoppers da varejista na Califórnia, Nova York e Maryland declararam no Twitter que também estão perdendo o serviço. As informações são do portal britânico Reuters.

O serviço começou há mais de uma década, mas ainda não trouxe participações significativas no mercado norte-americano de supermercados, que movimenta US$ 700 bilhões. A expectativa é de que a rede de supermercados Whole Foods, que foi comprada pela Amazon em agosto deste ano, desempenhe um papel-chave na entrega de alimentos realizados pela varejista online no futuro.

Segundo uma porta-voz da empresa, o encerramento do AmazonFresh não está relacionado com o acordo com a aquisição do Whole Foods.


menu
menu